07/03: O Rei de Roma – Empresário larga advogados no meio da estrada

LONGA ITALIANO CHEGA AOS CINEMAS EM 7 DE MARÇO, COM DISTRIBUIÇÃO DA PAGU PICTURES

Apesar de achar que o dinheiro compra tudo, o bilionário Numa Tempesta (Marco Giallini) começa a perceber que a vida não é bem assim ao ser condenado por fraude fiscal. Após tentativa fracassada de suborno à justiça, Tempesta demite aos berros seus três advogados por “incompetência” e os abandona no meio da estrada, em cena de “O Rei de Roma”.

Com direção de Daniele Luchetti (“Meu Irmão é Filho Único”), o longa integrou as programações da 42ª Mostra Internacional de Cinema, em São Paulo, e da última edição do Festival do Rio. A estreia no Brasil está marcada para 7 de março, com distribuição da Pagu Pictures, em 13 cidades do país: São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Niterói, Goiânia, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Vitória e Florianópolis.

Sinopse
Numa Tempesta (Marco Giallini) é um focado e carismático homem de negócios que, levado por uma gigante ambição em ser bem sucedido, faz qualquer coisa para fechar novos acordos, mesmo que isso o leve a infringir a lei. Depois de uma negociação dar errado, ele é pego pela polícia e condenado a cumprir um ano de serviço social. Para tentar salvar sua fortuna, Numa encontrará uma solução onde menos espera.

Ficha técnica
Título original: Io sono Tempesta
Direção: Daniele Luchetti
Elenco: Marco Giallini, Elio Germano, Marcello Fonte
Gênero: Comédia
País: Itália
Ano: 2018
Classificação: 14 anos
Distribuição: Pagu Pictures

Sobre a Pagu Pictures
Fundada em 2017 por amantes do cinema, a Pagu Pictures é uma distribuidora inovadora que acredita que cada filme é feito para as pessoas que, sem saber, esperavam por ele. Em seu primeiro ano de vida, lançou grandes filmes brasileiros, destacando-se “Gabriel e a Montanha”, de Fellipe Barbosa, único filme brasileiro no Festival de Cannes de 2017, e “On Yoga: Arquitetura da Paz”, de Heitor Dhalia. A Pagu existe para levar cada um de seus filmes às pessoas que desejam esse encontro, seja onde for, seja no formato que for, mas que fundamentalmente acredita que é na sala de projeção que o filme explode inesquecível. O Cinema brasileiro vive!