09/01: A Divisão

PRODUZIDO POR JOSÉ JUNIOR E DIRIGIDO POR VICENTE AMORIM, LONGA ACOMPANHA FORÇA-TAREFA POLICIAL NO COMBATE À EPIDEMIA DE SEQUESTROS NO RIO DOS ANOS 90

No final da década de 1990, a violência assolava o Rio de Janeiro e uma onda de sequestros enchia de pavor a capital fluminense, com a marca de 11 ocorrências por mês. Esse é o universo do longa de Vicente Amorim baseado em fatos reais “A Divisão”, produzido por José Junior e com roteiro final de Gustavo Bragança e José Luiz Magalhães que chega aos cinemas em 9 de janeiro. O thriller policial retrata os bastidores do trabalho de um grupo de policiais da Divisão Antissequestro (DAAS) que, apesar das diferenças de comportamento e caráter, se une para solucionar os casos. A distribuidora Downtown Filmes acaba de divulgar o trailer que revela cenas eletrizantes de perseguições, trocas de tiro e resgates de reféns.

A série de sequestros ganha repercussão e demanda uma resposta rápida da polícia quando os crimes chegam às classes mais altas da sociedade e a filha do deputado Venâncio Couto (Dalton Vigh) é capturada. Com o objetivo de acabar com os sequestros na cidade, o Chefe de Polícia Paulo Gaspar (Bruce Gomlevsky) convoca os policiais conhecidos por seu envolvimento com a corrupção Roberta (Natalia Lage), Santiago (Erom Cordeiro) e Ramos (Thelmo Fernandes). Sua habilidade: têm jogo de cintura e experiência em lidar com os traficantes, nem sempre para o bem. Eles se juntam ao delegado Mendonça (Silvio Guindane), conhecido por seu ódio à corrupção e também por seu comportamento extremamente violento no trato com os criminosos. O time é supervisionado pelo delegado Benício (Marcos Palmeira), encarregado do caso. 

Com métodos completamente diferentes entre si e questionáveis moralmente, a equipe vai ter de enfrentar a competição interna pelo poder e a ação impiedosa das quadrilhas para desvendar as camadas mais sujas do esquema que ameaçava a segurança pública do Rio. Com as famílias ricas em pânico, a pressão da imprensa e o governador por um fio, os defeitos do trio da DAAS se tornam qualidades para o sucesso da missão. Já nos anos 2000, o número de crimes de sequestro com extorsão, violência e cárcere privado foi reduzido a zero. A trama tornou-se conhecida do público em julho deste ano na série homônima do Globoplay.

“Mostrar ao público a única política de segurança pública que deu certo no Rio de Janeiro, foi uma das grandes motivações para produzir este filme.”, comenta José Junior.

“Um dos maiores desafios de A Divisão foi contar esse thriller nos lugares onde a ação aconteceu de verdade. Não era só ser fiel aos fatos, mas à geografia do crime, da polícia e à emoção dos personagens”, conta o diretor Vicente Amorim.

A Divisão” tem distribuição da Downtown Filmes/Paris Filmes, produção da AfroReggae Audiovisual em coprodução com a Globo Filmes, Hungry Man e Multishow.  Vanessa Gerbelli, Rafaela Mandelli, Cinara Leal e Augusto Madeira também integram o elenco. 

Sinopse
No fim dos anos 1990 uma onda de sequestros abala o Rio de Janeiro. Um grupo de policiais assume a Divisão de Antissequestro (DAAS) e a missão de desmontar as quadrilhas que transformou o crime em indústria.  Nos bastidores das investigações, a disputa de poder opõe de um lado, Mendonça – policial incorruptível porém extremamente violento – e do outro, Santiago, Ramos e Roberta – eficientes porém corruptos. O resultado: em poucos anos, zero ocorrências. 

Ficha técnica
Produção: José Junior
Direção: Vicente Amorim
Produção Executiva: Luis Vidal, Carolina Aledi, Fabiana Guzman, Marcelo Torres e Mário Diamante.
Roteiro final: Gustavo Bragança e José Luiz Magalhães
Roteiro: Gustavo Bragança, José Luiz Magalhães, Rafael Spínola, Aurélio Aragão, Erik de Castro, Fernando Toste e Vicente Amorim.
Direção de Fotografia: Gustavo Hadba, ABC
Montagem: Danilo Lemos
Direção de Arte: Daniel Flaksman
Figurino: Cristina Kangussu 
Trilha Sonora Original: Lucas Marcier e Fabiano Krieger
Supervisão de Efeitos Visuais: Marcelo Siqueira, ABC
Produtor de favelas: João Paulo Garcia
Produção: AfroReggae Audiovisual
Coprodução: Globo Filmes, Hungry Man e Multishow
Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes
Investimento: Investimage e BRB (Banco de Brasília)
Patrocínio: Petrobras e Gávea Investimentos
Apoio: Ambev, Afinal Filmes, CQS Advogados, Gol, Globoplay e Telecine

Elenco
Erom Cordeiro, Silvio Guindane, Natalia Lage, Thelmo Fernandes e Marcos Palmeira.
Hanna Romanazzi, Vanessa Gerbelli, Dalton Vigh, Osvaldo Mil, Marcello Gonçalves, Bruce Gomlevsky, Paulo Reis, Augusto Madeira, Beatriz Saramago, Rafaela Mandelli, Cinara Leal, Guilherme Dellorto, Amaurih De Oliveira, Dério Chagas, Lucio Andrey, Helena Fernandes,Val Perré, Nill Marcondes.       

Sobre José Junior 
José Junior é diretor de criação e CEO da AfroReggae Audiovisual. Criou, produziu e apresentou diversas séries de TV para canais como Multishow e GNT, como a famosa “Conexões Urbanas”. Foi também produtor do filme “Favela Rising”, documentário ganhador de 36 prêmios internacionais, incluindo o Prêmio de Melhor Novo Documentarista no festival de Tribeca. Fundou o Grupo Cultural AfroReggae há 27 anos, onde criou diversos projetos socioculturais nas favelas do Rio. Mediou os principais conflitos armados na cidade em busca da paz e foi o pioneiro em tirar pessoas do narcotráfico e ressocializá-las. Seu trabalho no AfroReggae já foi premiado e é reconhecido internacionalmente.

Sobre Vicente Amorim
Vicente Amorim dirigiu A Princesa da Yakuza, com Jonathan Rhys Myers (em pós), Duetto, com Marieta Severo e Giancarlo Giannini (em pós); o thriller A Divisão, e também Motorrad (terror); a coprodução nipo-brasileira Corações Sujos; Um Homem Bom, com Viggo Mortensen; O Caminho das Nuvens, com Wagner Moura e outros quatro longas e cinco séries. 

Sobre a AfroReggae Audiovisual
A produtora AfroReggae Audiovisual SA tem como sócio majoritário o Grupo Cultural AfroReggae e recebeu um aporte de grandes investidores no ato de sua criação, em 2016. Depois de mais de 20 anos transformando vidas, chegava o momento de levar essas narrativas para o grande público, com a legitimidade de quem vivencia e conhece com profundidade um pedaço importante da história do país. Juntando o legado audiovisual de séries documentais da ONG com os investimentos recentes, os resultados não tardaram: foram produzidas 12 séries de TV – entre docs e ficcionais – somando mais de 250 episódios, em diferentes canais de televisão e VOD. 2019 marca a estreia na ficção com “A Divisão”, série dirigida por Vicente Amorim e lançada no Globoplay, que se tornou um dos maiores sucessos da plataforma de streaming desde sua fundação. Em 2020 a produtora levará aos cinemas o longa “A Divisão”, assim como a segunda temporada da série no Globoplay. Também nesta plataforma, se prepara para lançar a série “Arcanjo Renegado”, criada por José Junior e dirigida por Heitor Dhalia.

Sobre a Hungry Man
Hungry Man é uma empresa global audiovisual com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo, Los Angeles, Nova Iorque e Londres. No Brasil desde 2005, a sociedade é formada por Alex Mehedff (sócio fundador no Brasil) Gualter Pupo, Carlão Busato, Joao Caetano Feyer & Bryan Buckley. Após uma trajetória de grande sucesso na publicidade, desde 2012 desenvolve projetos para televisão, cinema e OTT. Em 2019, a empresa acumula mais de dez projetos de séries roteirizadas e em desenvolvimento para televisão e dois filmes para lançar em 2020. São mais de cinquenta prêmios no total, dentre eles, trinta e quatro Leões no Festival de Criatividade Cannes, uma indicação ao Oscar com o curta metragem ASAD escrito & dirigido por Bryan Buckley, uma indicação para o Emmy Internacional com a série “Palavras em Série”, entre outros prêmios nacionais e internacionais.

Sobre o Multishow
O Multishow tem a diversão como sua essência e leva às pessoas o melhor do entretenimento, com programação reunida nos pilares música, humor e viagem. São diferentes formatos de conteúdo, que vão desde transmissões ao vivo dos maiores festivais do mundo até programas protagonizados pelos maiores humoristas e músicos do país. O Multishow assina a coprodução de “A Divisão”, que tem exibição confirmada na grade do canal em 2020, ampliando a oferta de programação para o gênero ação.

Sobre a Globo Filmes
Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 300 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’, ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar e Bacurau que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes 2019. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Sobre a Downtown Filmes
Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2006 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até fevereiro de 2019, a Downtown Filmes lançou 139 longas nacionais, que acumularam mais de 138 milhões de ingressos.

Entre os maiores sucessos da distribuidora estão “Minha Mãe É Uma Peça 1 e 2”, estrelados por Paulo Gustavo; “De Pernas Pro Ar 1 e 2” e “Loucas Pra Casar”, com Ingrid Guimarães; “Chico Xavier”, “Elis”, “Fala Sério, Mãe!”, com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, “Os Farofeiros”, com Mauricio Manfrini e Cacau Protásio, e “Minha Vida em Marte”, com Paulo Gustavo e Monica Martelli.

Em 2019, lançou “Minha Fama de Mau”, biografia do cantor Erasmo Carlos, “Cine Holliúdy 2”, “Simonal”, “Socorro, Virei Uma Garota!”, “O Amor Dá Trabalho” e lançará no final do ano “Minha Mãe É Uma Peça 3”, com Paulo Gustavo.

Sobre a Paris Filmes
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Nos últimos anos a empresa esteve à frente de lançamentos como “La La Land – Cantando Estações”; “A Cabana”; “D.P.A: Detetives do Prédio Azul – O Filme”; “D.P.A. 2 – O Mistério Italiano”; “Extraordinário”; “Nada a Perder”, entre outros. Para 2019, a companhia aposta num line-up diversificado, que inclui títulos como “A Cinco Passos de Você”, “De Perna Pro Ar 3”, “John Wick 3 – Parabellum”; “Os Parças 2”; “Playmobil”, entre outros.