14/01: II MOSTRA FUJIMA DESTACA OS VALORES E SIGNIFICADOS DA ARTE KABUKI

O evento, que acontece no dia 14 de janeiro, na cidade de São Paulo, será um dos primeiros do ano a comemorar os 110 anos da imigração japonesa no Brasil

 A dança kabuki, manifestação artística popular que deu origem ao Teatro Kabuki há 400 anos, é uma das atividades que abrem os festejos dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, em 2018. A II Mostra Fujima de Dança Kabuki, que acontece no dia 14 de janeiro, no teatro da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (Bunkyo), será realizada pela Cia Fujima de Dança Kabuki e mais uma vez reúne espetáculos de danças clássicas e contemporâneas, exposição e workshop.

No saguão do teatro do Bunkyo, serão exibidas fotos que destacam o movimento coreográfico e a técnica das danças clássicas que estruturam também as versões contemporâneas do kabuki, além de figurinos e um workshop, na qual uma dançarina será maquiada e vestida ao vivo para entrar em cena no número de abertura. No palco, a diversidade da dança kabuki, com suas principais temáticas e estilos musicais, será apresentada pelos dançarinos da Cia de Dança Kabuki Fujima. Ao todo serão 22 atrações clássicas e contemporâneas, cada uma com 5 a 10 minutos de duração, ao longo de três horas.

Os dançarinos serão acompanhados pela Orquestra Kabuki, único grupo musical do gênero no país, cujos integrantes são Kazuko Sugiura e Wanokai, Setsuo Kinoshita e Mitsue Iwamoto, e pelo Grupo Min, conjunto de música folclórica japonesa do estilo Minyo. Na ocasião, o público terá a oportunidade de ver famosas danças clássicas kabuki ao som dos tradicionais instrumentos do gênero, como o shamisen (instrumento de três cordas), fuê (flauta), tsuzumi (tambor de mão) e taiko (tambor).

“Será possível compreender um pouco mais as coreografias pantomímicas que enfatizam expressões corporais, vestimentas e acessórios para revelar um lado do espírito japonês mais exuberante e provocador”, afirma Katsura Eguti, curadora da II Mostra Fujima de Dança Kabukie filha de Yoshinojo Fujima, que trouxe o estilo para o Brasil em 1961. Ao final do espetáculo de dança, no domingo, a Cia de Dança Kabuki Fujima fará uma homenagem surpresa pelos 110 anos de amizade entre os dois países.

II Mostra Fujima de Dança Kabuki tem o apoio institucional do Consulado Geral do Japão, da Fundação Japão, da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, da Comissão dos 110 anos da Imigração Japonesa e patrocínio da Fundação Kunito Miyasaka.

Sobre a Cia de Dança Kabuki Fujima do Brasil
Fundada em 1961 pela coreógrafa e dançarina japonesa Yoshinojo Fujima, que se manteve à frente da companhia por 55 anos, a Cia de Dança Kabuki Fujima forma e mantém dançarinos profissionais e amadores no Brasil e no Japão. A escola também forma talentos nas áreas de maquiagem, figurino e cenografia relativos à dança Kabuki. Atualmente, 60 dançarinos integram a companhia, dirigida pela filha de Yoshinojo, Katsura Eguti. A Cia de Dança Kabuki Fujima busca a continuidade desta tradicional arte japonesa não só entre os imigrantes e seus descendentes, mas através da difusão entre os brasileiros de todas as idades, que começam a se destacar nessa arte.

II Mostra Fujima de Dança Kabuki
Exposição “Universo da Dança Kabuki”: 13 e 14 de janeiro, 10h às 20h (Gratuito)
Workshop sobre maquiagem e vestimenta da dança Kabuki: 14 de janeiro, 11h30 às 12h30 (Gratuito)
Espetáculos de dança ao vivo: 14 de janeiro, 13h às 16h (Preço único de 50,00 = Preço promocional de meia entrada: idosos, portadores de necessidades especiais, professores da rede pública de ensino, estudantes).
Local: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa – Bunkyo
T
eatro (1.100 lugares)
Rua São Joaquim, 381, Liberdade – São Paulo/SP

Ingressos
Cia Fujima de Dança Kabuki: terças, 13h às 18h, e quintas, 10h às 12h e 15h às 18h. Rua São Joaquim, 381, sala 43. Tel.: 11 3208.2183
Alo Ingressos (www.aloingressos.com.br)