23/07: Odin’s Krieger Fest leva lutas medievais e grandes bandas aos palcos

Grupos apresentam cultura bélica medieval em São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba; evento tem apoio da Vorus Vodka, da Salton

A 10ª edição do Odin’s Krieger,  reforçando o compromisso do festival em ser um dos maiores divulgadores da cultura medieval no Brasil, trouxe, em seus três eventos (Belo Horizonte – 21/07, no Music Hall; Curitiba – 22/07, no Jokers Pub; e São Paulo – 23/07, no Tropical Butantã), a banda holandesa Rapalje, referência mundial da música folk, como principal atração de todas as noites no palco. Tal palco foi dividido com as lutas medievais promovidas por experientes grupos especializados no assunto, alguns inclusive com fama internacional. O Odin’s Krieger Fest é uma realização da OKF Produções com patrocínio da Vorus Vodka.

Para o último dia do Odin’s Krieger, em São Paulo, o grupo de combates medievais Ordo Draconis Belli, formado por guerreiros e escudeiros, apresentaram a cultura medieval e o esporte da luta de armadura (Combate Medieval de Armadura). Formado em 2011, o grupo levou ao palco vikings, teutônicos do século 8, eslavos, rus, cavaleiros do século 15 e promete novidades especiais para o evento.

“Os membros podem escolher qualquer povo da história entre os séculos 8 e 15 que habitaram a Europa ou que tiveram contato direto e frequente com a continente europeu”, destaca um dos membros, Guilherme Dantas. As apresentações são constantes em diversos estados brasileiros, que inclui feiras culturais, eventos beneficentes, escolas, entre outros.

Com armas e armaduras feitas de materiais equivalentes aos usados na época, tais como aço, couro e madeira, os combates da Ordo Draconis Belli se adequam de acordo com a necessidade de cada evento. “Normalmente lutamos sem uma coreografia determinada. Executamos desde simples lutas de um contra um até lutas em grupos, onde vários membros se encontram no campo. Em alguns casos fazemos lutas temáticas em que contamos uma história, como um funeral de um Rei, uma disputa entre campeões ou cenas mitológicas”, conta Dantas.

Feira de produtos típicos e outras bandas completaram a programação.

PARA VER MAIS FOTOS, CLIQUE AQUI