24/05 a 16/06: 23º Cultura Inglesa Festival promove três mostras de cinema gratuitas

Maior festival de cultura britânica da América Latina apresenta maratona de heróis britânicos, obras contemporâneas de novos diretores em exibição ao ar livre e curtas-metragens

A mostra “Heróis Britânicos”, realizada em parceria com o SP Cine, terá exibição de filmes clássicos com personagens britânicos que conectam o mundo dos games com o das telonas, em uma oportunidade única de rever estes filmes em uma tela de cinema. São 9 filmes com exibições entre 24 e 26 de maio no Centro Cultural São Paulo.

Na sexta-feira, o “Excalibur Day”, com três obras que trazem as clássicas lendas do Rei Arthur: Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995), Rei Arthur (2004) e Rei Arthur – A lenda da espada (2017). No sábado, o “Lara´s Day” apresenta três versões distintas de Lara Croft, a heroína britânica dos games: Lara Croft: Tomb Raider (2001), Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida” (2003) e Tomb Raider: A origem (2018). E no domingo, o Festival apresenta o “Detective Day”, com três filmes clássicos britânicos de detetive: Os 7 suspeitos (1985), O enigma da pirâmide (1985) e Sherlock Holmes (2009). A retirada gratuita de ingressos acontece meia hora antes da primeira sessão de cada dia – um ingresso por pessoa.

Para quem curte a temática de games, pode aproveitar a maratona para visitar a exposição interativa “I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar” que também estará no Centro Cultural São Paulo durante todo o período do Festival.

Já em parceria com o Instituto Tomie Ohtake nos dia 31 de maio, 1 e 2 de junho o Festival apresenta o “Cine Fachada: Novos Diretores Britânicos”, uma edição especial do projeto com exibição ao ar livre de três filmes de expoentes diretores do Reino Unido, inéditos nos cinemas de São Paulo. As três obras se destacam por sua originalidade e a repercussão internacional após sua estreia

O primeiro a ser exibido é o filme “American Animals” (2018), do multipremiado diretor e produtor Bart Layton, conhecido por abordar assuntos controversos e por “desafiar a convenção de documentários com um toque visual único”. Conta a história de quatro jovens americanos, com temperamentos extremamente diferentes, que se juntam para roubar o livro mais valioso dos Estados Unidos. A mostra segue com “I Am Not a Witch” (2017), imprevisível filme da diretora Rungano Nyoni, nascida na Zambia e criada no País de Gales desde os nove anos de idade. Sua produção coleciona 16 prêmios – entre eles o Prêmio Revelação do BAFTA – e 26 indicações, como a de representante do Reino Unido no Oscar 2019 na categoria Melhor Filme Estrangeiro. Finalizando a edição especial do Cine Fachada, “Beast” (2017), o romance sombrio do diretor Michael Pearce. Vencedor de Melhor Estreia por um Escritor, Diretor e Produtor Britânico no BAFTA e de Iniciante Mais Promissor pelo British Independent Film Awards. O filme gira em torno de uma comunidade na pequena ilha de Jersey, onde uma problemática jovem se apaixona por um misterioso forasteiro que a ajuda se libertar de sua família opressora, até que ele se torna suspeito de uma série de brutais assassinatos.

“Eu tenho um interesse particular por primeiros filmes de diretores. Quando fiz meu mestrado em Londres, uma das matérias que mais me encantou foi o “First Films” em que analisávamos traços de linguagem e olhares de diretores que marcam toda sua filmografia. Para essa mostra fiz uma extensa pesquisa da cinematografia britânica atual, que é muito rica e diversa. Esses três filmes se destacam, apesar de diferentes entre si, todos possuem uma direção forte e singular”, diz a curadora Deborah Osborn sobre a mostra.

Finalizando a programação de cinema, a mostra “Curtas-metragens” apresenta “Vitorianna” e “Antes que seja tarde”, duas obras inspiradas na cultura britânica e produzidas pelo edital público da Cultura Inglesa, que fomenta a produção artística nacional. 

As exibições acontecem no dia 4 de junho no Instituto Moreira Salles, seguida de bate-papo com os diretores.

Dirigido por Gabriela Capello, com produção executiva de Daniel Pech, “Vitorianna” conta a história de Anna, uma fantasma adolescente da era vitoriana, que abandona a rotina entediante de mais de um século morando sozinha em um sótão para viver uma grande aventura em terras tropicais. Com um humor dark, o filme traz o não-lugar do adolescente e uma mensagem positiva do sonhar.

Inspirado na música “I’m your man” do cantor britânico George Michael, que por anos sofreu de depressão por ser obrigado a esconder sua sexualidade do grande público, “Antes que seja tarde” apresenta a história de Cauê & Julian, dupla de famosos cantores sertanejos, ídolos Pop-Teen do momento que, para manter o status de “sex symbols”, são forçados pelo empresário a viver uma vida regada de mentiras. Os personagens encontram no quarto de hotel o único lugar em que se sentem seguros e podem expor suas angústias e verdadeiros sentimentos. A trama mostra que, em meio a essa opressão e ao contexto político em que vivem, eles precisam declarar o seu amor para todos, como um ato de resistência e liberdade, antes de que seja tarde.

A curadoria de curtas-metragens é composta pela produtora e sócia da bigBonsai, Deborah Osborn, o diretor executivo e artístico do MixBrasil e membro frequente do júri de festivais como Cannes e Berlinale, João Federici; e Sidney Santiago, ator, pesquisador, diretor e militante do teatro brasileiro.

Para mais informações sobre o 23º Cultura Inglesa Festival acesse o site www.culturainglesasp.com.br/cultural e acompanhe as redes sociais.

MOSTRAS DE CINEMA DO 23 º CULTURA INGLESA FESTIVAL
Entrada Gratuita
Mais informações no site:
www.culturainglesasp.com.br/cultural

MOSTRA HERÓIS BRITÂNICOS
Data: 24 a 26 de maio
Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso
Capacidade do local: 99 pessoas por sala
Acessibilidade: Sim
Entrada gratuita: Retirada de ingressos meia hora antes do início da primeira sessão do dia (sujeito a lotação)
Sala Lima Barreto: Horários às 14h30, 17h e 19h30
Sala Paulo Emílio: Horários às 15h, 17h30 e 20h

Excalibur Day – 24 de maio (sexta)
Filme #01: Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995)
Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio
Duração: 2h14min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=ScFjwlwb3yE
Sinopse: Uma releitura das lendas arthurianas que deixa de lado os elementos mágicos para se focar nas relações humanas. Após anos liderando seus cavaleiros em guerras, o Rei Arthur de Camelot (Sean Connery) decide se casar com a nobre Guinevere. Mas ele não contava com a traição de seu ex-cavaleiro, Sir Malagant, que se rebela para tomar o reino para si. Quando Malagant tenta sequestrar Guinevere, ela é salva pelo bravo Lancelot (Richard Gere) e ambos acabam se apaixonando. Mas quando Lancelot é transformado em cavaleiro por Arthur, todos são forçados a lidar com os sentimentos conflitantes.
Ano: 1995
Gênero: Ação / Aventura / Romance
Direção: Jerry Zucker

Filme #02: Rei Arthur (2004)Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio
Duração: 2h06min
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Trailer: https://www.imdb.com/videoproembed/vi2022965529
Sinopse: Esta ousada reinterpretação das lendas arthurianas nos cinemas modifica a origem da espada Excalibur e apresenta o protagonista como um soldado de origem romana que planeja abandonar a Bretanha e retornar para a sua terra natal. Relutante em assumir seu verdadeiro destino, Arthur (Clive Owen) se vê confrontado a tomar para si o papel de grande líder, contando para isso com a ajuda da corajosa Guinevere (Keira Knightley), dos fiéis Cavaleiros da Távola Redonda e do misterioso Merlin.
Ano: 2004
Gênero: Ação / Aventura / Drama
Direção: Antoine Fuqua

Filme #03: Rei Arthur – A lenda da espada (2017)Exibições: 19h30 na Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio
Duração: 2h06min
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=iUJXje976RM
O diretor britânico Guy Ritchie traz uma visão mais contemporânea da clássica lenda do Rei Arthur, apresentando um jovem protagonista (Charlie Hunnam) que vive nas ruas e controla os becos de Londonium. Arthur perdeu seus direitos de nobreza quando seu tio, Vortigern (Jude Law), apoderou-se da coroa. O herói só descobre seu verdadeiro legado quando entra em contato com a lendária espada Excalibur. Contudo, ele deve lidar antes com as reviravoltas de sua vida, além de confrontar a tirania de Vortigern.
Ano: 2017
Gênero: Aventura / Ação
Direção: Guy Ritchie

Lara´s Day – 25 de maio (sábado)
Filme #01: Lara Croft: Tomb Raider (2001)
Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio
Duração: 1h40 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?time_continue=15&v=MvzgGNNgg_A
Sinopse: Baseado na popular série de videogames de ação e aventura, Tomb Raider segue os passos da virtuosa arqueóloga Lara Croft, interpretada por Angelina Jolie no icônico papel que a alavancou ao status de estrela global. Em sua primeira grande missão, a heroína britânica embarca em uma jornada pelo planeta para recuperar pedaços de artefatos místicos que controlam o tempo antes que caiam nas mãos dos Illuminati, uma sociedade secreta com motivações sombrias.
Ano: 2001
Gênero: Ação / Aventura / Fantasia / Suspense
Direção: Simon West

Filme #02: Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida” (2003)Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio
Duração: 1h57 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.imdb.com/title/tt0325703/videoplayer/vi143786265
Sinopse: Em sua segunda aparição cinematográfica, Lara Croft tem a missão de encontrar a localização da Caixa de Pandora, um objeto mítico que armazena todos os males do mundo em seu interior. Mas a arqueóloga precisa evitar que um cientista mal-intencionado alcance o objeto e o transforme em uma arma capaz de destruir a humanidade. Lançado dois anos após o primeiro filme, a sequência conseguiu manter em alta a popularidade de Angelina Jolie e confirmou Lara Croft como a melhor representação de uma personagem dos videogames no cinema.
Ano: 2003
Gênero: Ação / Aventura / Fantasia / Suspense
Direção: Jan de Bont

Filme #03: Tomb Raider: A origem (2018)Exibições: 19h30 Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio
Duração: 1h59 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=X3Dr5HLDvPM
Sinopse: Este é o filme que marca um renascimento para a franquia Tomb Raider nos cinemas, acompanhando as mudanças experimentadas pela protagonista nos games a partir de 2013. Com 21 anos, a jovem Lara Croft (Alicia Vikander) é uma mulher independente que não aceita o desaparecimento de seu pai, Richard Croft, ocorrido há sete anos. Ela se recusa a assumir as rédeas da empresa da família, mas descobre um segredo que pode desvendar o passado misterioso de Richard. A busca leva Lara a uma ilha remota, onde sua jornada se torna mais perigosa do que ela poderia imaginar.
Ano: 2018
Gênero: Ação / Aventura / Fantasia / Suspense
Direção: Roar Uthaug

Detective Day – 26 de maio (domingo)
Filme #01: Os 7 suspeitos (1985)
Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio
Duração: 1h36 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.imdb.com/videoproembed/vi4206756121
Sinopse: Seis pessoas que não se conhecem são convidadas para um jantar em uma mansão por um anfitrião misterioso. Quando crimes começam a ocorrer, eles começam a se questionar quem estaria por trás dessa conspiração – e se não estariam mais comprometidos entre si do que imaginavam. Em meio a acusações generalizadas, só resta ao grupo descobrir quem matou quem, com qual arma e em qual aposento. Uma bem-humorada releitura do jogo de tabuleiro Cluedo, que no Brasil ficou conhecido como Detetive.
Ano: 1985
Gênero: Comédia / Mistério / Suspense / Crime
Direção: Jonathan Lynn

Filme #02: O enigma da pirâmide (1985)Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio
Duração: 1h48 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=-wwkx6d6_AI
Sinopse: Com produção de Steven Spielberg e roteiro de Chris Columbus, o filme apresenta uma proposta singela: como o mais famoso detetive da ficção se comportaria se fosse um mero adolescente? O longa-metragem de 1985 apresenta o primeiro encontro entre Sherlock Holmes, um brilhante e impetuoso estudante metido a investigador, e o novo aluno da escola, um tímido e curioso John Watson. Como amigos inseparáveis e companheiros de aventuras, eles tentam desvendar uma misteriosa onda de mortes na Londres de 1870.
Ano: 1985
Gênero: Ação / Aventura / Mistério / Família
Direção: Barry Levinson

Filme #03: Sherlock Holmes (2009)Exibições: 19h30 na Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio
Duração: 2h08 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Trailer: https://www.imdb.com/videoproembed/vi781780249
Sinopse: O filme propõe uma reformulação dos personagens clássicos Sherlock Holmes (Robert Downey Jr.) e Dr. John Watson (Jude Law) em uma aventura em ritmo intenso, bem ao estilo do diretor Guy Ritchie. Holmes é um consagrado detetive que utiliza sua afiada lógica dedutiva (e seus punhos) para combater crimes, enquanto o médico Watson é seu fiel parceiro de trabalho. A dupla deve enfrentar um misterioso inimigo e solucionar um plano elaborado que pode afundar a Inglaterra. Porém, a dinâmica entre ambos fica afetada quando Watson decide que é hora de se casar.
Ano: 2009
Gênero: Ação / Aventura / Mistério / Crime
Direção: Guy Ritchie

CINE FACHADA: NOVOS DIRETORES BRITÂNICOS
Data: 31 de maio a 2 de junho
Local: Instituto Tomie Ohtake – Rua Coropé, 88 – Pinheiros
Acessibilidade: Sim
Ar condicionado: Não
Entrada gratuita: Ordem de chegada, sujeito a lotação

American Animals (2018)Exibição: 31 de maio às 20h
Duração: 1h54
Classificação etária: não recomendado para menores de 18 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=SKvPVvy2Kn8
Sinopse: A inacreditável mas verdadeira história de quatro jovens americanos, com temperamentos extremamente diferentes, que se juntam para roubar o livro mais valioso dos Estados Unidos. Determinados a viver uma vida não ordinária, eles planejam o roubo perfeito, mas as coisas não saem como o esperado. American Animals estreou no Festival Sundance de Cinema em 2018.
Ano: 2018
Gênero: Drama, Crime, Policial
Direção: Bart Layton

I Am Not a Witch (2017)Exibição: 01 de junho às 20h
Duração: 1h33 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=telx5Pfe2-I
Sinopse: Após um incidente em sua aldeia, Shula, uma garota de nove anos, é obrigada a viver em um acampamento itinerante de bruxas. Segundo as responsáveis pela comunidade, qualquer tentativa de fuga transformará Shula automaticamente em uma cabra. Enquanto transita em sua nova vida com suas colegas bruxas e um funcionário do governo que casa com ela e passa a explorar sua inocência em benefício próprio, ela precisa decidir se lidará com as consequências de buscar a liberdade. O filme foi exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2017.
Ano: 2017
Gênero: Drama
Direção: Rungano Nyoni

Beast (2018)Exibição: 02 de junho às 20h
Duração: 1h47 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=eyQLM5S__QU
Sinopse: Numa ilha isolada, uma problemática jovem se apaixona por um misterioso forasteiro que a ajuda a se libertar de sua família opressora. Quando ele se torna suspeito de uma série de brutais assassinatos, ela o defende a todo custo e, no processo, acaba descobrindo do que é capaz. Com o filme, Michael Pearce recebeu o prêmio de melhor diretor estreante no BAFTA 2019.
Ano: 2017
Gênero: Crime, Drama, Mistério, Suspense, Romance
Direção: Michael Pearce

MOSTRA CURTAS-METRAGENS
Data: 4 de junho às 20h
Local: Instituto Moreira Salles – Av. Paulista, 2424, Consolação, São Paulo/SP
Capacidade do local: 145 pessoas
Acessibilidade: Sim
Ar condicionado: Sim
Entrada gratuita: Retirada de ingressos 1 hora antes do início da sessão (sujeito a lotação)

Vitorianna (2019)
Duração: 20 min
Classificação etária: livre
Sinopse: Anna, uma fantasma vitoriana adolescente, abandona uma rotina entediante de mais de um século morando sozinha em um sótão inglês para viver uma grande aventura em terras tropicais.
Direção: Gabriela Capello
Produção: Daniel Pech
Fotografia: Rafael Giacondino
Diretora de Arte: Débora Pascotto
Figurino: Fabiana Souza
Maquiagem: Marcella Leme Ferreira
Elenco: Isa Meneghini e João Gabriel Oliveira

Antes que seja tarde (2019)Duração: 15 min
Classificação etária: não recomendado para menores de 16 anos
Sinopse: Trancados em um quarto de Hotel, dois jovens decidem mudar o rumo de suas vidas. Antes que seja tarde demais.
Roteiro e Direção: Leandro Goddinho
Produção Executiva: Patricia Galucci
Produção: Liza Schechtmann
Direção de Fotografia: Kauê Zilli
Direção de Arte: Antonio Vanfill
Som: Carolina Barranco
Elenco: Fernando Siqueira e Marcos Oliveira


Redes Sociais

Facebook: https://www.facebook.com/culturainglesasp

Instagram: https://www.instagram.com/culturainglesasp/

Twitter: https://twitter.com/culturainglesa

Youtube: https://www.youtube.com/culturainglesa

Spotify: https://open.spotify.com/user/culturainglesafestival

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/cultura-inglesa

Sobre o Cultura Inglesa Festival
O Cultura Inglesa Festival é um festival anual de arte, cultura e entretenimento que fomenta a produção artística brasileira, e promove a cultura britânica, apresentando artistas do Reino Unido e Brasil. A programação inclui 11 novas obras comissionadas pela Cultura Inglesa, shows de música, cinema, espetáculos internacionais, exposições, teatro, dança, programação infantil e muito mais. Desde 1996, o festival ocupa a cidade de São Paulo com uma programação multidisciplinar e completamente gratuita.

Sobre a Cultura InglesaHá mais de 80 anos no mercado, a Cultura Inglesa é uma associação sem fins lucrativos e a maior rede de ensino do idioma inglês não franqueada do País, o que garante consistência na qualidade de ensino. Além de oferecer um programa de inglês global de primeira linha com componentes online exclusivos e quadros interativos, seus professores passam por, pelo menos, 120 horas de capacitação/ano em cursos e congressos no Brasil e no exterior. A Cultura Inglesa soma 59 unidades nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Bahia, atendendo a mais de 80 mil alunos, com um corpo docente de mais de 500 professores e oferece uma vasta gama de atividades culturais que incluem teatro infantil e adulto, musicais, música pop e coral.