27/11: Prêmio CBLoL consagra os melhores pro players de League of Legends do Brasil

Matheus “Dynquedo” Rossini se destaca como um dos maiores vencedores da noite, levando dois prêmios para casa

Aconteceu terça-feira, 27 de novembro, no Auditório do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), a segunda edição do Prêmio CBLoL, que celebra os melhores jogadores e as jogadas mais memoráveis da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends.

Em um cenário muito diferente das tradicionais cadeiras gamers, dos computadores e das mesas azul e vermelha, a elite pro player brasileira de League of Legends deixou pendurado o uniforme do time para vestir-se em seu melhor traje de gala, homenageando os vencedores dos Minions de nove disputadas categorias:

MELHOR TOPO

Robo (CNB) – vencedor

Jisu (Flamengo)

Zantins (Kabum)

 

MELHOR CAÇADOR

Shrimp (Flamengo) – vencedor

Ranger (Kabum)

Revolta (Vivo Keyd)

 

MELHOR MEIO

Dynquedo (Kabum) – vencedor

Anyyy (RPG)

Goku (Flamengo)

 

MELHOR ATIRADOR

Titan (Kabum) – vencedor

BRTT (Flamengo)

Micao (Vivo Keyd)

 

MELHOR SUPORTE

Riyev (Kabum) – vencedor

Esa (Flamengo)

Jockster (Vivo Keyd)

 

MELHOR TÉCNICO

Hiro (Kabum) – vencedor

Jimmy (CNB)

Von (Flamengo)

 

JOGADOR REVELAÇÃO

Anyyy (RPG) – vencedor

Cariok (RPG)

Mills (INTZ)

 

PRÊMIO GILLETTE MELHOR JOGADOR

Dynquedo (Kabum) – vencedor

Shrimp (Flamengo)

Titan (Kabum)

CRAQUE DA GALERA

BrTT (Flamengo) – vencedor

Dynquedo (Kabum)

Titan (Kabum)

Rakin (CNB)

Com exceção do Craque da Galera, cuja escolha é feita a partir dos votos da Comunidade de fãs e jogadores de LoL, a seleção dos vencedores leva em conta votos de pro players, imprensa, casters e especialistas, além do A/M/A (Abates, Mortes e Assistências), Número de Destaques e o Status CBLoL, incluindo estatísticas que variam de acordo com a posição de cada jogador.

O evento, que contou com apresentação do rapper Emicida e presença do youtuber Felipe Castanhari, do Canal Nostalgia, foi transmitido ao vivo pelos canais da Riot Games e pelo canal esportivo SporTV2. Para rever o Prêmio CBLoL, o vídeo da transmissão está disponível nos canais da Riot no Youtube e no Twitch.  Mais informações no site LoL Esports BR.

Sobre a Riot Games
A Riot Games foi criada em 2006 por Brandon Beck e Marc Merrill com a intenção de mudar a forma como os games são desenvolvidos para os jogadores. Em 2009, a companhia lançou seu primeiro título, League of Legends, aclamado mundialmente. O game de PC se tornou o mais jogado no mundo e um dos principais impulsionadores do crescimento explosivo dos Esports. Os jogadores são a base da comunidade da Riot e é para eles que a empresa continua a evoluir e a melhorar a experiência em League of Legends. A Riot Games está sediada em Los Angeles, Califórnia, e tem 23 escritórios em todo o mundo.

Sobre o CBLoL
O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) é o campo de batalha no qual os melhores times profissionais do País se enfrentam, lutando não só pela supremacia em League e um lugar na história, mas também por uma vaga no Campeonato Mundial. Entre 2012 e 2014, o torneio era baseado em classificatórias que resultavam no mata-mata das Finais, tendo como campeões vTi.Ignis (2012), paiN Gaming (2013) e KaBuM eSports (2014). A partir de 2015, a competição adotou o formato de Liga, sendo dividida em duas etapas. Neste período, os times paiN Gaming (2015) e INTZ Team (2016) e Team oNe (2017) foram consagrados vitoriosos nos Campos da Justiça. Em 2018, o CBLoL chega com um novo formato, organizado em Melhor de 3 e Escalada, para trazer mais competitividade. As Finais já passaram pelo Rio de Janeiro (Maracanãzinho), por São Paulo (Allianz Parque e Ginásio do Ibirapuera) e por Belo Horizonte (Mineirinho), com a presença de, em média, 10 mil pessoas em cada partida decisiva. A competição também é transmitida em salas de cinema, no YouTube, no Twitch e no SporTV.