Dom Quixote ganha versão bilíngue feita a seis mãos

A escritora brasileira Telma Guimarães, a argentina Andrea Viviana Taubman e o ilustrador espanhol Rafael Antón mergulham no mundo de Miguel de Cervantes para fazer uma adaptação de Dom Quixote, em Português e Espanhol

Um dos maiores clássicos da Literatura Moderna, o romance Dom Quixote, de Miguel de Cervantes Saavedra, ganha nova adaptação, em lançamento da Editora do Brasil. Considerado uma obra de leitura primordial, o livro ressurge agora renovado, mais contemporâneo, em Português e Espanhol, e ganha um glossário especial para facilitar a leitura.

A obra relata as aventuras reais ou imaginárias, do fidalgo Alonso Quijano, que resolve tornar-se cavaleiro andante, cria personagens, vilões e donzelas ao longo da história e envolve-se em muitas confusões e conquistas com a ajuda de seu fiel escudeiro Sancho Pança.

O clássico foi adaptado pela escritora e tradutora brasileira Telma Rodrigues que completa 30 anos de carreira e, é reconhecida pela qualidade de seu trabalho em dezenas de livros, adaptações e traduções. Telma embrenha-se em uma batalha de pesquisas e estudos de outras publicações e da história do autor até iniciar o trabalho de adaptação. “No final, Dom Quixote surge como uma paródia bem-humorada das novelas de cavalaria”, diz.

“Dom Quixote é uma obra que critica a sociedade da época. Um clássico da literatura”, afirma. Telma usou de provérbios mais conhecidos, frases mais leves e diálogos diretos para suavizar o texto e apresentá-lo com a intenção de que o leitor chegue ao fim da história e na esperança de que leia o texto original algum dia.

A escritora e tradutora argentina Andrea Viviana Talbman é a parceira de Telma na parte em Espanhol de Dom Quixote / Don Quijote de La Mancha, cujo livro é completado pelo glossário de verbos, substantivos, adjetivos e expressões em espanhol. “Pedi permissão a Cervantes e avisei a todos que estava partindo para a Espanha do século XVII”, conta Andrea sobre seu trabalho.

O encontro com o universo da obra “foi pulsante” para Andrea, que cresceu mergulhada na cultura hispânica. ”Participar desta grande aventura me fez perceber o quanto os provérbios de Sancho Pança e os conselhos de Dom Quixote estavam presentes no meu imaginário”, afirma ela. “Produzir esta adaptação foi delicioso – um retorno às origens, uma grande honra e tarefa de imensa responsabilidade”.

O livro também recebe o auxílio luxuoso do ilustrador espanhol Rafael Antón que enfim realiza seu sonho, acalentado há anos, de ilustrar as aventuras e o famoso romance de Cervantes. “Procurei um estilo expressivo com ênfase nas luzes e no ambiente das paisagens que acompanham as peripécias do famoso fidalgo. Tentei plasmar não só os acontecimentos, mas as sensações que vivi nas minhas várias leituras do clássico”, diz.

Dom Quixote
Tradutoras: Telma Guimarães e Andrea Viviana Taubman
Ilustração: Rafael Antón
Segmento: Literatura
Páginas: 176
Formato: 14 x 21 cm
Valor: R$56,80

Sobre as tradutoras
A escritora e tradutora Telma Guimarães nasceu em Marília (SP), mas foi em Campinas (SP) que escreveu seu primeiro livro, ainda como professora de inglês. Formada em Letras, morou nos Estados Unidos. É autora de mais de 200 livros infantis e juvenis em Português e Inglês. Pela Editora do Brasil publicou 49 títulos, entre infantis, juvenis, bilíngues e em inglês.

Andrea Viviana Taubman nasceu em 1965, em Buenos Aires, capital da Argentina. Chegou ao Brasil em 1973. Morou em São Paulo, Rio de Janeiro e Teresópolis (RJ), onde começou a escrever para crianças e jovens. É escritora e tradutora e atualmente é vice-presidente e Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ).

Sobre o ilustrador
Rafael Antón é ilustrador autodidata, nascido em Vigo, Espanha. Também Morou em Madri, Espanha, e em Munique, na Alemanha. Atualmente mora em São Paulo e além de ilustrar e escrever livros infantis, trabalha para produtoras de cinema e animação, outra das suas paixões. Escreveu e ilustrou o livro A Incrível História do Homem que não Sonhava, publicado pela SESI-SP Editora.

Sobre a Editora do Brasil
Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros. Os títulos estão disponíveis para comercialização por meio da loja virtual da Editora Brasil (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/) ou nas lojas físicas, em São Paulo (Rua Conselheiro Nébias, 887 – Campos Elíseos, São Paulo – SP), Rio de Janeiro (Rua do Bispo, 150 – Rio Comprido-RJ) e Natal (Rua dos Caicós, 1533 – Alecrim, Natal- RN).