História econômica e social do estado de São Paulo 1850-1950

Novo livro da Imprensa Oficial documenta a evolução do estado de São Paulo entre os séculos XIX e XX

Disse Anne Hanley — da Northern Illinois University —, na edição em língua inglesa da Stanford University Press, agora em primeira tradução para a língua portuguesa pela editora da Imprensa Oficial do Estado: “Um grande empreendimento de dois eminentes estudiosos de uma das regiões mais importantes da América Latina. Combinando uma rica pesquisa, original e com dados históricos extensos, Luna e Klein oferecem uma síntese extremamente necessária das facetas que contribuíram para a evolução de São Paulo — da província agrícola modesta a líder econômica do Brasil”. O lançamento História econômica e social do estado de São Paulo 1850-1950 fornece um excelente argumento para pesquisas comparativas sobre o mundo em desenvolvimento e áreas de assentamento recente, e será bem recebido por historiadores do Brasil e da América Latina.

Poucas são as obras abrangentes sobre a economia e a sociedade paulistas que contemplem longos períodos. Os textos específicos existentes, em sua maioria, se referem a uma região ou cidade, e raramente ao estado como um todo. Os trabalhos sobre numerosos temas particulares — desde a história de determinadas culturas agrícolas e escritos sobre a imigração, industrialização e urbanização — também se restringem a análises parciais.

Neste livro, Francisco Vidal Luna e Herbert S. Klein, dão continuidade a seus estudos sobre São Paulo nos períodos colonial e imperial, estendendo-se até meados do século XX. Se em 1850 o dinamismo extraordinário de São Paulo não se evidenciava, em 1950 esse estado já era o mais importante centro econômico e populacional do país.

“Neste segundo volume da história do Estado de São Paulo, nosso objetivo é explicar como São Paulo passou de uma província de fronteira pouco importante a uma das mais destacadas regiões agrícolas e industriais do mundo. (…) Em nossa opinião, o caso de São Paulo pode ser comparado a outros exemplos bem-sucedidos de ocupação, crescimento e desenvolvimento de uma importante fronteira despovoada que resultaram na criação de uma região de dimensões comparáveis às de países de tamanho médio. Portanto, o período 1850-1950 foi crucial no processo de transformação econômica e social de São Paulo – uma transformação cujo êxito pode ser comparado ao de outras áreas de fronteira nessa mesma época, como regiões do Canadá, Argentina e Austrália”, pontuam os autores no prefácio da obra.

Ao examinar os mecanismos de sua economia e de seu desenvolvimento estrutural, os autores mostram como São Paulo superou-se como província e tornou-se a quarta maior área metropolitana mundial, uma de suas regiões agrícolas e industriais mais dinâmicas, como poucas de ocupação recente.

A compreensão dessa evolução implicou em conhecer a estrutura administrativa e fiscal do estado, as transformações em grande escala nas áreas de educação, saúde, urbanização e demografia. 

Embora não se trate de uma história definitiva e completa de São Paulo nesse período, desenhou-se um grande painel com as instituições básicas criadas e o modo como elas mudaram no decorrer do tempo, propiciando um arcabouço básico para que outros historiadores possam refinar e aprofundar o conhecimento sobre essa importantíssima região do mundo.

SOBRE O LIVRO
HISTÓRIA ECONÔMICA E SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO 1850-1950
Francisco Vidal Luna, Herbert S. Klein [org.]
EDIÇÕES IMPRENSA OFICIAL
ISBN 978-85-401-0166-1
FORMATO |15.5 × 23 cm
PÁGINAS | 528
PREÇO PROMOCIONAL NO LANÇAMENTO| DeR$ 90,00 por R$ 70,00
BROCHURA
ILUSTRAÇÕES | GRÁFICOS, TABELAS, MAPAS
CAPA | “CAFÉ”, ÓLEO SOBRE TELA, 1935
CÂNDIDO PORTINARI

SOBRE OS AUTORES
FRANCISCO VIDAL LUNA | Doutorado em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), onde se aposentou como professor assistente; atuou também como pesquisador e professor do Instituto de Pesquisas Econômicas (IPE) e da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).  Entre as áreas que se dedicou estão Economia Brasileira, História Econômica, Demografia Histórica, Finanças Públicas e Administração Financeira. Na área pública, foi Secretário de Planejamento e Secretário Especial de Assuntos Econômicos da Secretaria de Planejamento da Presidência da República, Secretário estadual de Economia e Planejamento e Secretário municipal de Planejamento de São Paulo.

O autor tem mais dois livros publicados pela Editora da Imprensa Oficial, em parceria com a EDUSP: um deles premiado pela Academia Brasileira de Letras (ABL) em 2010, na categoria História/Ciências Sociais, Escravismo em São Paulo e Minas Gerais (coautoria com Iraci Del Nero e Herbert S. Klein); e Escravismo no Brasil (em coautoria com Klein).

HERBERT S. KLEIN | Historiador, professor e pesquisador norte-americano. Possui bacharelado e PhD pela University of Chicago. Lecionou na Columbia University e foi professor de história e diretor do Centro de Estudos Latino-Americanos, pesquisador e curador da coleção da América Latina na Biblioteca e Arquivos da Hoover Institution na Stanford University. Autor e coautor de mais de 20 livros sobre a América Latina e sobre temas comparativos da história social e econômica, entre as publicações recentes destacam-se estudos comparativos sobre escravidão.