Jack Kirby ganha livro tributo durante o “Festival Guia dos Quadrinhos 2017” em comemoração ao seu centenário

A obra traz os mais de 100 personagens criados pelo artista, considerado o “Rei dos Quadrinhos”, que levou o dinamismo do cinema e das animações para as páginas das revistas

Em comemoração ao centenário de nascimento, o americano Jack Kirby, falecido em fevereiro de 1994, ganhará o álbum “Os Mundos de Jack Kirby: Um tributo ao Rei dos Quadrinhos”  que será lançado durante o Festival Guia dos Quadrinhos, que acontecerá nos dias 08 e 09 de abril, no Club Homs. A obra reúne 100 profissionais dos mais variados estilos e traços homenageando os  personagens criados pelo artista que revolucionou o mercado de HQs.

Com prefácio de Gonçalo Júnior, a edição de luxo – a primeira sobre o autor publicada no Brasil – reúne  interpretações de personagens criados por Kirby,  como o Capitão América –  em parceria com o editor e roteirista  Joe Simon, no início de 1940, lançado pela editora Timely, tornando-se depois a Marvel Comics.  Financiado pelo coletivo Catarse, a obra tem capa dura e acabamento luxuoso.

Kirby participou de muitas publicações desenhando histórias em quadrinhos, as vezes apenas fazendo o lápis, outras só os esboços, também cocriando roteiros e muitas capas. O livro trará cada personagem com página dupla, com dados e detalhes da capa, data primeira aparição, além da foto e uma breve biografia do artista que prestou a homenagem,  além de uma arte inédita. Organizado por Edson Diogo, idealizador do site “Guia dos Quadrinhos” e o quadrinista Will, trará nas páginas finais, uma lista com todas as obras de Kirby já publicadas no Brasil.

Por sua contribuição na criação e andamento de vários personagens de sucesso da Marvel e DC Comics é possível dizer que, sem Jack Kirby, os quadrinhos não seriam os mesmos. Em sua trajetória, entre as décadas de 40 até 90, o artista americano foi responsável pela criação dos Desafiadores do Desconhecido, do vilão Darkseid, Novos Deuses, Senhor Milagre, o demônio Etrigan, o aventureiro Kamandi, o herói futurista OMAC e de diversos outros que marcaram os quadrinhos. Em parceria com Stan Lee, a partir de 1961, na Marvel Comics, Kirby ajudou a criar o universo de super-heróis mais popular dos quadrinhos, pois esteve envolvido no surgimento do Quarteto Fantástico, Homem de Ferro, Hulk, Thor, os X-Men, os Vingadores, os Inumanos, Pantera Negra, Doutor Destino, Loki e Magneto, além de estar à frente do ressurgimento do Capitão América.

Com 224 páginas em impressão colorida com couchê fosco 150g, no tamanho de 21 cm x 31 cm o livro estará à venda no site do evento a partir do dia 12 de abril. O lançamento oficial e autógrafos será realizado nos dias 8 e 9 de abril durante o “Festival Guia dos Quadrinhos 2017” que também apresentará uma exposição sobre o artista.

Sobre Jack Kirby
Jack Kirby revolucionou os quadrinhos com seu estilo dinâmico, conceitos inovadores e uma imaginação invejável. Nascido em 28 de agosto de 1917 em Nova York, o garoto Jacob Kurtzberg se interessou por desenho desde cedo. Autodidata, começou a copiar as imagens que via em tiras de jornais criadas por artistas como Hal Foster, Alex Raymond e Milton Cannif. Um de seus primeiros empregos foi em um estúdio de animação e, quando entrou para o mercado de quadrinhos, achou que o que faltava para os gibis era o dinamismo do cinema e das animações.

No final de 1940, ao lado do editor, roteirista e também desenhista Joe Simon, criou um dos maiores super-heróis dos quadrinhos, o Capitão América, para a editora Timely – que mais tarde se transformaria na Marvel Comics. Lançada em março de 1941, a revista Captain America Comics se tornou um enorme sucesso de vendas e transformou Kirby e Simon em

astros do mercado. A dupla se desentenderia com o editor Martin Goodman no final do ano e deixaria a revista. Mas, a partir daí, Kirby nunca mais parou de criar grandes personagens e histórias em quadrinhos.

Para a DC Comics, revolucionou personagens como Sandman e Caçador, além de criar personagens de grande sucesso na década de 1940, como a Legião Jovem e o Comando Juvenil. Criou uma famosa sátira de sua própria criação, o Capitão América, na figura do Fighting American (chamado do Brasil de Tim Cometa, acredite se quiser). Criou o gênero dos quadrinhos românticos em 1947, um sucesso tão grande que deixou ele e seu parceiro, Simon, ricos. Foi responsável pela criação dos Desafiadores do Desconhecido, do vilão Darkseid, dos Novos Deuses, do Senhor Milagre, do demônio Etrigan, do aventureiro Kamandi, do herói futurista OMAC e de diversos outros que marcaram os quadrinhos.

Mas Kirby sempre será mais famoso por todos os personagens que criou em parceria com Stan Lee na Marvel a partir de 1961. Na editora, Kirby esteve envolvido no surgimento do Quarteto Fantástico, Homem de Ferro, Hulk, Thor, os X-Men, os Vingadores, os Inumanos, Pantera Negra, Doutor Destino, Loki e Magneto, além de estar à frente do ressurgimento do Capitão América. O trabalho de Kirby ao lado de Lee ajudou a criar o universo de super-heróis mais popular dos quadrinhos.

Kirby faleceu em 6 de fevereiro de 1994 e deixou um legado inesquecível para o mercado dos quadrinhos. É possível dizer que, sem Jack Kirby, os quadrinhos não seriam os mesmos.

Lançamento do livro “Os Mundos de Jack Kirby: Um tributo ao Rei dos Quadrinhos”
Quando: Festival Guia dos Quadrinhos – dias 08 e 09 de abril, sábado (08) das 10h às 21h e domingo (09) das 10h às 19h
Onde: Club Homs – Av. Paulista, 735 – Próximo ao Metrô Brigadeiro
Ingressos: O valor do ingresso na porta do evento será de R$ 30,00 para cada dia. E de R$ 50,00 os dois dias. Os valores descritos são para meia-entrada, concedida a todo o público. Crianças até 10 anos não pagam.
Página do evento no Facebook: www.facebook.com/FestivalGuiadosQuadrinhos/
Ar Condicionado
Entrada para deficientes
Estacionamentos nas imediações