Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade

Apresentam: Apresentam: Apresentam: Apresentam:Apresentam: Apresentam:
CONTOS DE CONTOS DECONTOS DE CONTOS DECONTOS DE INSANIDADE INSANIDADEINSANIDADE INSANIDADEINSANIDADE
(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)(INSANE TALES)
Um filme de Um filme de Um filme de Um filme deUm filme de Um filme de
Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André ÂngeloWill Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André ÂngeloWill Nygma & André ÂngeloWill Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo Will Nygma & André Ângelo
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
O filme “Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade”, trata-se de uma produção independente sem fins lucrativos, inspirada em personagens do universo fantástico das revistas em quadrinhos. Com o intuito de promover a cultura cosplay se utilizando de recursos teatrais e cinematográficos, além de promover cultura e a arte de interpretação em cinema homenageando alguns dos personagens do universo Batman, da DC Comics. O projeto é um fan film de processo coletivo encabeçado pelo líder do grupo cosplay Maníacos de Arkham da W/N Produções em parceria com Asilo Gotham e Boniarte.

SINOPSEINOPSEINOPSEINOPSEINOPSEINOPSE
Você teria coragem de trabalhar em um local onde residem os piores loucos, pirados, insanos e sádicos assassinos? Onde prisões comuns não conseguem conter a loucura interna desses prisioneiros em que é necessária segurança extrema e mesmo assim alguns conseguem escapar? Sejam bem-vindos a uma noite no Asilo Arkham…

A PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃOA PRODUÇÃO
O filme é produzido pela Boniarte produtora de cinema e filmes publicitários, com sede em São Paulo e 5 anos de atuação no mercado, com diversos conteúdos entre institucional, publicidade, série e dramaturgia, fazendo o diferencial em um mercado acostumado com o mesmice e pela W/N Produções & Entretenimentos criadora de conteúdos que promovem artistas no ramo teatral, musical, cinematográfico e animação de festas e eventos.
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade

SOBRE O ELENCO ELENCO ELENCO
O elenco do filme é formado por profissionais da área artística como atores e cosplayers cujo destaque temos:
João Carlos Tellis, com 50 anos de carreira no teatro onde fez parte de grupos e cias de prestígio como TBC e Arena, e no cinema nacional e internacional, já trabalhando ao lado de ícones como Gianfrancesco Guarnieri, do cineasta Orson Welles, das atrizes e cantoras Marlene Dietrich e Sara Montiel entre outros, além de cantor de jazz, produtor musical e jornalista;
João Angello, ator e diretor teatral atua a 40 anos tanto no teatro quanto no cinema, participou de montagens de Chico Canindé, Oscar Wilde e mais recentemente no filme “Elis”, idealizador da cia autoral Dois de Palco.
Will Nygma, que também assina o roteiro e direção do filme, com vasta experiência no teatro, idealizador do espetáculo “Deu Tudo Errado”, integrante do Grupo RIA e já trabalhou com nomes como Tom Cavalcante e estuda atualmente na escola de atores Wolf Maia, formado em dublagem e crítica de cinema, estudou produção audiovisual entre outras disciplinas, além de vencedor pelos 5 anos consecutivos dos concursos cosplay da CCXP Comic Com Experience, entre muitos outros.
No elenco principal também temos os cosplayers profissionais como Alexandre Cavalcante (Pinguim, Wário, Dr. Robotinik, Rainha de Copas), Lucca Petrucci (Conde Olaf, Máscara Negra e várias versões do Coringa) e Thiago Franco (Harry Potter, Robin, Capuz Vermelho, Coringa, Espantalho).

Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
FICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICAFICHA TECNICA:
Elenco e Personagens: •Lucca Petrucci – CORINGA •Will Nygma – CHARADA/EDWARD NYGMA •Alexandre Cavalcante – PROFESSOR PORKO/LAZLO VALENTIM •Thiago Franco – ESPANTALHO/JONATHAM CRANE •Marina Moraes – HERA VENENOSA/PAMELA ISLEY •Otávio Valadares – CARLOS CRUZ •João Carlos Tellis – ERIC VON DIEDRICH •João Ângelo – JEREMIAH ARKHAM •Lucas Rocha – RICHARD MANSFIELD
•Caio Meneghetti – ENFERMEIRO
•André Ângelo – SR. CRANE
•Júlia Leite – JANE WITFIELD
Roteiro e Direção: Will Nygma Diretor de Fotografia e Filmagem: André Ângelo Direção de Arte: Will Nygma Concepção de Máscara: Luciana Malleval e Lord Alexandre.
Contra Regra: Rafael Bellangero
Captação de Áudio: Felipe Valim
Preparação de Elenco: Will Nygma e João Ângelo.
Maquiagem: Will Nygma, Murilo Cortez e Raphael Richard.
Concepção de Instrumentos de Tortura: Júlio Cesar Silva dos Santos e Antony da Silva.
Concepção e Customização de Objetos Cênicos: Thiago Franco.
Customização de Figurinos: Coletivo
Costura: Silvani Sidney
Fotos: Miro Moura
Trilha Sonora: Johnny Blues e Will Nygma.
Produzido por Will Nygma & André Ângelo.
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
O ARGUMENTO O ARGUMENTO O ARGUMENTO O ARGUMENTOO ARGUMENTO O ARGUMENTO
Por casualidade o filme brasileiro contemporiza as eleições presidenciais de 2018 e querendo ou não, expõe um caráter altamente político narrado dentro de um “surrealismo” que irá remeter imediatamente o espectador mais atento à escola cinematográfica espanhola de Luís Buñuel e sua obra maior “El Ángel Exterminador”. Com forte influência de cineastas como Tim Burton, Christopher Nolan, José Padilha, Martin Scorcese, Lais Bodansky, escritores como Neil Gaimen, Scott Snyder e filmes como Carandiru e Silêncio dos Inocentes. Eis a análise dos personagens sob a ótica surreal contemporânea:
• O Sanatório Arkham representa o Brasil atual onde ninguém tem como fugir de suas regras sub-existenciais;
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
• Jeremiah Arkham representa o governo hereditário sempre manipulado pelos interesses de uma elite política e financeira. Acentua-se ao personagem a natureza afro tentando impor a sua autoridade baseado no estatuto da igualdade racial;
• Eric Von Dietrich representa a ideologia (o nazista) que defende a raça pura, o militarismo, o que restou da ditadura militar, o preconceito e moralismo, mas se submete a Jeremiah como garantia de sua aposentadoria que não irá acontecer;
• Lazlo Valentin, o Professor Porko representa o capitalismo chauvinista que tudo devora, até mesmo a ideologia de Eric e seu sonho de se aposentar;
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
• Edward Nygma, o Charada representa os nossos congressistas sempre prontos a nos pregar uma peça com suas enigmáticas articulações em defesa própria, o egocentrismo e a compulsão pelo poder a qualquer custo;
• Coringa representa a corrupção no Brasil que apesar de séria e perigosa, sempre termina como alvo de piada e entretenimento;
• Dr. Jonathan Crane, o Espantalho representa o Brasileiro com formação acadêmica mas apenas mais um proletariado sempre revoltado e indignado, mas que nada consegue fazer para mudar o seu destino;
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
• Pamela Isley, representa a visão da mulher Brasileira na política. Ela faz parte do meio, desde que socialmente seja mantida isolada, além de fazer uma analogia com feminismo;
• Carlos Cruz, o novato representa o político Brasileiro cheio de boas intenções que ao assumir o cargo que anseia se dá conta que não há como não fazer parte do sistema que abomina.
• As quartas-feiras em Arkham simbolizam a famigerada democracia brasileira concedida pela direção para que cada detento faça o que bem entende com seus anseios, inclusive torturar aqueles bem intencionados até que eles se tornem parte do sistema que repudiam.
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
IDEALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADOREALIZADORES
Will Nygma, ator, roteirista, diretor e produtor. Começou cedo mesclando sua carreira de ator e cantor se apresentando em diversos eventos e baladas de São Paulo, Rio, Minas e Recife. Formado em dublagem, crítica de cinema com Celso Sabadin e discotecagem. Estudou Teatro, Commédia Dell’arte, música, flamenco, jazz, clown, produção audiovisual e estuda teatro e TV na escola Wolf Maia. No cinema esteve em filmes como “O Golpe da Viúva” e “Uma Noite com Silvia Becker” em 2000, “O Luar Negro de Madame Satã” em 2008, no curta “Coração das Trevas” de 2013 (vencedor do Guaru Fantástico). Na TV se destacam trabalhos com Tom Cavalcante no “Show do Tom” e “Bofe de Elite 2” da Record em 2010. Alguns destaques dos espetáculos profissionais que participou: “A Vingança do Réu”, “Encarnação Maldita” e “O Corno” em 2000, “Auto da Barca do Inferno” de 2003 à 2005, “Bonequinha de Pano” 2008\09, “Até Quando?” 2010, “Os 3 Porquinhos: O Musical” 2012/13 no Teatro Bibi Ferreira, “Deu Tudo Errado” 2014\15 onde também assina texto e direção, “Hermanas Son Las Tetas” 2015, “A Bela e a Fera: O Musical” 2016, em 2017 esteve em cartaz com “Madagascar”, “Aladim e o Gênio Malucão” e “A Bela e a Fera” onde também assinava a direção musical. Atualmente é produtor na empresa W|N Entretenimentos onde assina texto e direção dos espetáculos “Deu Tudo Errado”, “A Bela e a Fera A Fábula Francesa” e integra elenco fixo de “Iracema” no Grupo RIA desde início de 2018 no Teatro Maria Della Costa. Desde 2012 se destaca no meio cosplay, vencendo concursos como UpAbc, Anime Guarulhos, Ressaca Friends e em 2018 vence pelo 5° ano como melhor show Cosplay da CCXP.
André Ângelo, diretor de fotografia, produtor audiovisual e ator. Começou como ator em 2005 e já realizou diversos projetos no teatro como A Paixão de Cristo por 5 anos consecutivos, além de outras peças em São Paulo e Rio de Janeiro como Gaia, Heróis Brasileiros, Handara e nas produções Batman: Vilania Eterna, Deu Tudo Errado e A Bela e a Fera A Fábula Francesa onde atuou como ator, sonoplasta e produtor audiovisual em parceria com Will Nygma, além de ter feito parte do elenco das Noites do Terror do Playcenter e Hora do Horror no Hopi Hari, onde também fez os espetáculos Alice No País Invertido Do Mundo e o Musical de 10 anos. Formado em Produção Audiovisual e Artes Cênicas pelo SENAC (2014). Já recebeu Prêmio de Melhor Ator – Noites do Terror – Playcenter em 2011 e foi Produtor, Editor de Vídeo e Câmera-Man (2014 – 2015) na Alpha Prime. Já trabalhou na tv e publicidade como Criança Esperança na Rede Globo, De Volta ao Passado na Record, o documentário Operação Condor no Discovery Channel, comerciais de tv para Spectraban, Vivo Tenho e Fibra Óptica Telefônica. Atualmente é fundador da Boniarte, produtora de cinema, filmes publicitários e corporativos atuando como produtor, filmaker e editor de vídeos desde 2015 com mais de 150 filmes realizados.

ELENCO e EQUIPEe EQUIPEe EQUIPEe EQUIPEe EQUIPEe EQUIPEe EQUIPEe EQUIPE
João Carlos Tellis, ator e cantor.
Começou sua carreira como jornalista do Estadão, tendo também trabalhado para diversos outras revistas nacionais e estrangeiras ligadas à cultura. Sua formação artística como ator, cantor e dancer teve início por volta de 1969 com o espetáculo “Chiclete & Banana” de Augusto Boal, estendendo-se por trabalhos ligados ao Teatro de Arena como “Arena Conta Zumbi”, “Castro Alves Pede Passagem” e “Céu Sob Chuva (Botequim)” de Gianfrancesco Guarnieri. Como protagonista atuou em “O Leque de Lady Windernere” de Oscar Wilde, “Os Físicos” de Friedrich Dunremed e “Épico Brecht”, além de “Hair” de Galt MacDermot com direção de José Celso Martinez e “O Balcão” de Jean Genet. Na dança foi aluno de Lennie Dale e suas incursões mais significativas incluem nomes de peso na dramaturgia brasileira como Ricardo Bandeira, Fauzi Arap, Hermínio Bello de Carvalho, Renato Borghi, Myrian Muniz, Paulo Goulart, Ipojuca Pontes e Arnaldo Antunes, entre outros. Também destacou-se como autor de textos teatrais como “Bolero, Tango & Quimera” e “Faustolo (O Juízo Final Quem Diria Acabou em Frevo)”. No cinema participou de alguns filmes nacionais e internacionais sob as direções do Argentino Leonardo Favio, do Português Manuel de Oliveira, do Espanhol Pedro Lazaga e dos Brasileiros Geraldo Vietri, Carlos Coimbra e Vanja Orico. Foi também produtor fonográfico de quase todas as gravadoras brasileiras e coordenador musical da produtora espanhola Musica y Estrelas, com montagem de espetáculos de sucesso na Europa e E.U.A. ao lado de nomes como Sarita Montiel, Marlene Dietrich, Josephine Baker, Shirley Bassey, Tony Bennet, Ray Charles entre outros. No Brasil foi responsável por vários trabalhos de Maysa, Maria Bethânia, Cláudia, Elis Regina, Toquinho & Vinícius entre outros. Atualmente atua como Jazz & Dancer-Singer nos shows “Johnny Sings & Dances The Blues”, “From Porter to Gershwin”, “Canto das Américas”, “O Tom de Maysa” e na produção do novo espetáculo “Enigmáticos Blues” ao lado de Will Nygma.
João Ângello, Ator, locutor, preparador de elenco e diretor de teatro, iniciou sua carreira artística em 1978 quando adentou para a organização Seicho-No-Ie até o ano de 2012 se tornou o precursor de montagens de textos, direção, atuação e preparação de jovens atores. Soma-se um total de 30 montagens de espetáculos com destaque para as aberturas dos grandes eventos realizados anualmente nos ginásios da Portuguesa e Ginásio do Ibirapuera em São Paulo, reunidos milhares de espectadores. Integra o elenco do Vanja Bonita do Cangaço Brasileiro como ator e diretor assistente No circuito comercial atuou em clássicos como Salomé de Oscar Wilde e Florbela Espanca de Alcides Nogueira. Nas causas ambientais, texto do Chico Canindé, no monologo; Corre o Risco São Francisco Quem Anda de Cravo Incarnado, tem encantado muitas plateias na expressão do poeta que questiona a nossa responsabilidade social através do seu lirismo. Em parceria com o amigo Edhil Silva, criaram a cia Dois de Palco onde encenam textos autorais. No cinema nacional teve sua mais recente participação no filme Elis, além de outros longas e curtas com diretores de prestígio como Hector Babenco.
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
Lucca Petrucci, cosplayer e ator. Já esteve em peças como: Peter Pan (Capitão Gancho), Capitães da Areia (Sem Pernas), 7 Bichos e Outra História (Leão) e no curta “O Cálice de Elastar”. Como cosplayer já foi vencedor de vários concursos como na BGS Brasil Game Show e Parada Nerd em 2015, finalista Cosplay World Master 2016 e ganhador do desfile CCXP 2018. Já trabalhou para grandes marcas como Iron Studios, Warner, Dc Comics, SAGA, Fábio Valle Studios e por 3 anos fez parte de grupo voluntário Liga do Bem em Campo Grande e atualmente faz parte dos Heróis do Bem em SP.
Thiago Franco, ator iniciante e cosplayer desde 2006, realizando inúmeras apresentações em festas, eventos, feiras e ações de divulgação de produtos da área geek. Boa presença de palco com personagens diversos como Harry Potter, Robin, Coringa, Capuz Vermelho, Espantalho entre outros personagens de filmes em ações para empresas como Warner, Sesc, Banco do Brasil entre outras.
Participou de algumas peças infantis e apresentações musicais em hotel fazenda por um bom tempo além de ser integrante de uma banda de rock.
Rafael Augusto Bellangero, contra regra e ator,
Estudante da faculdade de Cinema e curso técnico de Artes Cênicas, Teatro e Tv no Woof Maia. Integrante do Grupo de Teatro Avançado do Colégio Espírito Santo – Gtcoes (2011-2018) onde realizou os espetáculos: Os aventureiros de Argos; O Fantasma da Máscara Branca; Bodas de Sangue; Sonhos de uma noite de verão; O Auto da Compadecida; Dom Casmurro; O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá; Confissões em 10 segundos; Extremismo. Participante do Projeto Conexões (2017) e Festival do Colégio Santa Cruz com “Extremismo”, no qual o grupo ganhou destaque a melhor jogo de elenco em cena. Atualmente é integrante da equipe técnica do filme: “Contos de Insanidade”.
Maníacos de Arkham: Contos de Insanidade
Alexandre Cavalcante, cosplayer e ator.
Participou da apresentação de “O Ator” no NAC em Mogi das Cruzes, depois foi para o Teatro SESI de Brás Cubas onde escreveu e atuou sob a direção de Wilson Caetano nas peças “Blues É Assim”, “Segura Coração” e “O Ensaio”. Iniciou-se como cosplayer em março/2014. Seu primeiro cosplay foi o Pinguim em comemoração aos 75 anos de Batman e já fez diversas versões evoluindo o personagem. Entre outros destaques de sucesso são: Rei do Crime, Wario, Rainha de Copas e Violador de Spawn. Lord Alexandre, como é conhecido no meio cosplay recebeu uma Moção de Aplauso por um vereador na Câmara de Suzano pelo reconhecimento de trabalho como cosplayer. Já foi vencedor de Batman 66 no Festival Guia dos Quadrinhos 2016, entre outros concursos como da Fest Comix 2016, Primeiro Lugar no Anime Guarulhos Festival 2017, BGS 2017 com Hideo Kojima como um dos jurados e um dos classificados para a final da Maratona Cosplay 2018.
Além das conquistas, participou do Teleton 2015 com o grupo Super Heróis da Alegria no AACD, integrou o elenco da apresentação do Batman Vilania Eterna na clube Madame, trabalhou para editora Panini e Corrida Batman no Memorial da América Latina com o Pinguim. Atualmente é o dono do grupo Asilo Gotham e criador/organizador do Cosplay Walk desde 2017.

#ManíacosDeArkham #ContosDeInsanidade @Maniacosdearkham willnygma@hotmail.com
Elenco conta com atores profissionais como João Carlos Tellis com 50 anos de carreira,  figura influente no teatro e cinema nacional e internacional, já tendo trabalhado com Orson Wells, Marlene Dietrich, Sarita Montiel, Marco Nanini, Zé Celso, Sonia Braga entre outros e o ator João Ângelo de filmes como Carandiru, Eliz entre outros além de diversas peças influentes.
Entre os atores e cosplays profissionais temos Lucca Petrucci (Don Bardelle), Alexandre Cavalcante (Lord Alexandre), Thiago Franco (Tfcosplay) e Will Nygma (ator/cantor) vencedor de prêmios cosplay por 5 anos consecutivos na CCXP, o FGDQ por 2 anos, Ressaca Friends, entre outros festivais do gênero.