Mulan será o filme mais caro da história da Disney

A estrela de “Mulan”, Gong Li, revelou em entrevista recente à rede social chinesa Weibo, o orçamento da Walt Disney Pictures para o remake. O filme vai custar mais de US$ 300 milhões e será o mais caro – em live-action – da história do estúdio

Foto: Facebook Walt Disney Studios

A casa do Mickey Mouse está apostando alto para fazer do longa-metragem um trabalho fenomenal. Nas últimas décadas, as altas quantias vêm se tornando uma constante da companhia nas adaptações com atores reais de clássicos da animação.

Este recorde de orçamento para Mulan obviamente não inclui os filmes da Marvel, que foram parcialmente produzidos pela Disney, como “Vingadores: Ultimato”, lançado no Brasil em abril deste ano, e que custou aos cofres do estúdio mais de US$ 350 milhões. Já a franquia “Piratas do Caribe”, também uma coprodução da companhia que culminou em 5 filmes, ainda continua com títulos no topo do ranking de orçamentos.

A chinesa Gong Li (“Memórias de uma Gueixa” e “Xangai”) – que interpreta a bruxa Xian Lang no filme – sugeriu que este orçamento é, em grande parte, devido ao extenso trabalho de efeitos visuais necessário para dar vida à sua personagem e ao mundo rico em misticismo de Mulan. Isso faz sentido, uma vez que a animação original era parte de uma guerra épica e apresentava batalhas em grande escala. Embora o orçamento oficial ainda não tenha sido divulgado, a previsão sugere que o longa terá sets muito bem elaborados.

Outros projetos recentes em live-action também receberam investimentos pesados da Disney. Entre eles, “Mogli – O Menino Lobo” (2016) e “A Bela e a Fera” (2017), que custaram ao estúdio cerca de US$ 170 milhões. Em contrapartida, o sucesso destas bilheterias chegou na casa dos US$ 960 milhões e US$ 1.260 bilhões, respectivamente. O próximo filme da fila é o remake de “O Rei Leão” que será lançado no dia 19 de julho deste ano, seguido por Mulan.

Parece que os Estúdios Disney encontraram a fórmula para criar remakes para as animações favoritas do público. Além de investir em produções milionárias incríveis, espera o momento certo para lançá-las, que é quando sua base de fãs original já foi atraída pelo clima nostálgico da história e certamente voltará aos cinemas trazendo suas famílias.