O Segredo de Ank-Manethon: Novo lançamento da AVEC é também um dos segredos mais bem guardados da cultura brasileira.

Obra traz de volta pérola da literatura brasileira e infantojuvenil dos anos 1940

Neste mês, a AVEC Editora traz até as principais livrarias de todo o Brasil uma edição comemorativa ao centenário de Hélio do Soveral (1918 – 2001), criador das séries A Turma do Posto Quatro e Os Seis, entre outros. O Segredo de Ank-Manethon foi originalmente publicado em capítulos na revista Mirim em 1941 e agora sai como livro, quase 80 anos depois.

Em O Segredo de Ahk-Manthon, Célio encontra a mãe chorando na cozinha e logo descobre a razão: o navio “Chesterton”, em que sua irmã Iracema viajava, havia naufragado nos Mares do Sul. Rapidamente, o rapaz convoca os amigos Roberto, Condor, Horácio, Tião e Afonso e organiza a Cruzada da Salvação.

 

A operação-resgate que se segue leva a turma de crianças cariocas a uma divertidíssima aventura onde não faltam monstros marinhos, múmias, índios enfurecidos, vulcões, tesouros, lendas egípcias e, claro, o Segredo de Ahk-Manethon.

O Segredo Mais Bem Guardado da Cultura Brasileira
É assim que a AVEC Editora define Hélio do Soveral (foto abaixo), um autor que já era multimídia antes desse termo existir. Romancista, contista, tradutor, roteirista de cinema, TV, quadrinhos e rádio (seu Teatro de Mistério veiculado na Rádio Nacional faz sucesso até hoje e está disponível no Youtube). Além desse vasto currículo, Soveral também era tradutor de Edgar Allan Poe.

Ele nasceu em Portugal, mas escolheu Copacabana (no Rio de Janeiro) para ser o seu lar. Gerações de leitores brasileiros foram formadas com suas coleções: Missão Perigosa, Bira e Calunga, Chereta, Os Seis e A Turma do Posto Quatro – publicadas pela Ediouro nas décadas de 1970 e 1980.

“Meu pai foi uma pessoa incrível, muito inteligente e autodidata. Descrevia os locais (ruas, esquinas, praças) de suas obras, tanto no Brasil como no exterior, com detalhes e pormenores tão verídicos, que os nativos desses locais não acreditavam que ele nunca tivesse estado lá”, recorda Anabeli Trigo, filha do autor.

Segundo ele, O Segredo de Ahk-Manethon vai além de ser um romance emocionante, permitindo a todos descobrir o sabor dessa primeira aventura juvenil de Soveral, publicada enquanto o mundo estava em guerra, no início dos anos 1940, e entender melhor tudo aquilo que o autor faria décadas depois, em seus mais de 80 livros pela Ediouro.

“Além do valor do resgate histórico, o romance é envolvente por si mesmo, fica de pé por seus próprios méritos e com certeza agradará aos amantes de narrativas de aventura”, acrescenta o organizador.

O trabalho de resgate
Leonardo diz ter se sentido satisfeito por descobrir a obra e mais ainda depois, ao perceber que o resgate e publicação seriam possíveis.

“Posteriormente, ao localizar a filha do escritor e seu acervo, vi com que carinho ele, com mais de oitenta anos, ainda conservava aqueles recortes cheios de anotações, aqueles pedaços de jornal amarelo que guardavam seu primeiro romance publicado”, explica.

O próximo passo foi decifrar o texto, comparar versões, redigir notas, entender a intenção de Soveral. Diz Leonardo:

“É um verdadeiro diálogo, quase como fazer um amigo com quem não podemos infelizmente nos encontrar”.

Leonardo Nahoum também é autor dos livros Histórias de Detetive para crianças (Eduff, 2017), da Enciclopédia do Rock Progressivo (Rock Symphony, 2005) e de Tagmar (primeiro RPG brasileiro, GSA, 1991). Ele se dedica a pesquisas no campo da literatura infantojuvenil de gênero (“genre”, não “gender”), com foco em escritores como Ganymédes José, Carlos Figueiredo e, claro, Hélio do Soveral.

Se você ficou interessado em ter essa peça da nossa história na sua estante, O Segredo de Ank-Manethon pode ser comprado nas principais livrarias do Brasil e na loja online da AVEC editora através desse link.

Se você deseja ver um material de divulgação especial para as mídias amigas da AVEC, clique aqui.

Ficha Básica
ISBN: 978-85-5447-018-0
PREÇO
R$ 39,90
FORMATO
16×23 cm
288 páginas coloridas
Papel: Lux cream 70g
Capa:Supremo cartão 250g Prolan fosco
CATEGORIA
Juvenil
Aventura
Edição comemorativa

Autor: Hélio do Soveral
Organização e Notas: Leonardo Nahoum
Ilustrações: Manoel Magalhães
Editor: Artur Vecchi
Diagramação: Vitor Coelho