Shorts: novo quadrinho com seis histórias curtas de Gustavo Duarte

“Shorts” segue a linha autoral do quadrinista, que privilegia histórias mudas, repletas de animais e com humor surreal

O quadrinista Gustavo Duarte lança seu novo livro – “Shorts”, que segue a linha autoral do artista com destaque para as histórias mudas, repletas de animais e com humor surreal. A obra é composta por seis histórias curtas – cinco publicadas anteriormente no Brasil e no exterior e uma inédita.

“Shorts” é aberta com “Mermaids”, criada em 2015 para a editora norte-americana Dark Horse Comics. Com oito páginas, a trama tem como personagem principal Pinô, já presente em “Monstros!”, HQ publicada no Brasil, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, França, Bélgica, Suíça e Alemanha.

O livro segue com a divertida “Sem Sal”, lançada em 2011 pela Zarabatana Books na antologia “Fierro Brasil #1”. Nessa história, um arteiro garoto ruivo se vê em apuros por não confiar no conselho dado pelo vendedor de peixes de aquário.

“Little Nemo in SlumberLand” foi publicada em “Little Nemo: Dream Another Dream” (2014), da editora norte-americana Locust Moon Press. Gustavo figura entre os mais de 100 cartunistas que homenagearam o quadrinista Winsor McCay em um livro gigante.

“6° Dia” está presente em “Esta é a verdadeira história do Paraíso”, livro de Millôr Fernandes reeditado pela Companhia das Letras em 2014. Nessa edição, além do fac-símile publicado em “O Cruzeiro”, alguns dos principais quadrinistas da atualidade deram a sua versão sobre a origem do mundo – e Gustavo está entre eles.

“10-26” é a quinta (e inédita) história do livro. Nas primeiras páginas os fãs de Duarte já percebem que outro antigo personagem será o condutor do enredo: o simpático elefante da “Taxi” (2010) volta com seu Fiat Cinquecento para entregar uma misteriosa encomenda.

“Bullying”, escrita em 2017 para a revista “Omelete Box #1”, fecha o livro com mais animais. Dessa vez, a trama é conduzida por uma raposa, inúmeras galinhas e um porco.

Traços cuidadosamente elaborados ajudam a guiar o leitor pelas 36 páginas sem nenhuma palavra, característica marcante no trabalho do quadrinista, que tem atuado com regularidade para algumas editoras dos Estados Unidos, como Marvel e DC Comics. Mesmo envolvido com o mundo dos super-heróis, Gustavo não deixou de lado seu trabalho autoral.

Trabalhos
A incursão de Gustavo pelos quadrinhos começou em 2009 com a publicação de “CÓ!”. Vieram, na sequência, “Taxi” (2010), “Birds” (2011), “Monstros!” (2012), “Chico Bento – Pavor Espaciar” (2013) e “Có! e Birds” (2014).

Pequena Biografia
Cartunista e quadrinista brasileiro, nascido em São Paulo em 1977.
Formado em Design Gráfico pela Universidade Estadual Paulista (Unesp – Bauru) em 1999.
Começou a sua carreira de cartunista e ilustrador publicando seus trabalhos no Diário de Bauru de
1997 a 1999.
Em janeiro de 2000, voltou a São Paulo e desde então passou a colaborar com as principais revistas e
jornais do Brasil.
Desde 2009 tem trabalhado com histórias em quadrinhos como roteirista e desenhista.
Seus livros são encontrados e diversos países como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha,
França, Bélgica, Suíça, Argentina e Uruguai.
Além dos seus próprios livros, no mercado americano, publica em revistas de editoras como Marvel, DC
Comics, Dark Horse e Boom! Studios. Lá, publicou histórias de personagens como Guardiões da Galáxia, Rocket Raccoon, Lockjaw (Marvel), Bizarro e Detetive Chimp (DC Comics).