29/06: Steampunk Santos 2019

Santos terá seu segundo encontro steampunk no Centro da Cidade dia 29 de junho,
com muito fogo na caldeira. 

O evento é dedicado aos fãs do subgênero da literatura de ficção científica, o Steampunk, que tem como base além da literatura, os jogos, a música e as produções audiovisuais. Em 2018 foram 2 mil pessoas apreciando, vivenciando e conhecendo um pouco mais da ficção, da história e da fantasia, através de espetáculo de música, dança, teatro, artesanato, audiovisuais, ilustração e claro, literatura.

Steampunk é uma palavra de origem inglesa composta por “steam” que quer dizer vapor e “punk” que faz referência a resto, sobra ou no caso um movimento da contracultura. Este subgênero traz o visual do século XIX mesclado a tecnologia futurista, adaptada ao conhecimento tecnológico daquela época. É fácil encontrar seus adeptos usando cartolas, vestidos, jaquetas, ternos, coletes, botas, assim como óculos de aviador, goggles (óculos de maçariqueiro), braços mecânicos, armas ficcionais, espadas, engenhocas das mais extraordinárias. Todo este visual vem direto da literatura, do imaginário de escritores como Júlio Verne ou H. G. Wells.

Santos tem uma História muito importante para Estado de São Paulo e para o Brasil. As ferrovias, a bolsa do café, o Centro Histórico, os museus, enfim uma gama de espaços ideais para construção do imaginário e ao mesmo tempo para entendimento da História.

O evento Steampunk Santos trouxe em 2018 para Santos pessoas de várias regiões do país, sendo que 40% das pessoas presentes eram de outros lugares. Podemos dizer que rede hoteleira da cidade foi atingida, assim como os restaurantes da região. Os frequentadores do evento também aproveitaram para conhecer outros pontos da cidade, movimentando a economia local. Em 2019 esperamos um número maior que poderão desfrutar da mesma estrutura.

Escritores, desenhistas, músicos e artesãos da região e de outros locais puderam mostrar seus trabalhos. Também a diretora Karla Lacerda e o jornalista e mestre em comunicação, educação e história, Pedro Cunha, puderam colocar na rua uma encenação com grupos de capoeira da região. A cena interpretada foi a luta da população de Santos para preservar a Igreja do Valongo. Neste ano teremos a trupe Coletivo Circel interagindo com o público, além de várias atrações que envolvem música, mágica,dança e esporte.

Esta iniciativa prova que História, Literatura, Música, Teatro e Dança ainda podem compor fontes valiosas de informação e cultura

Steampunk Santos 2019
Sábado, 29 de junho
Das 10h às 18h30
ENTRADA GRÁTIS
Museu Pelé
Largo Marques de Monte Alegre, 1 – Santos/SP
Para saber mais, clique aqui