Verás que um filho teu não foge à luta

O livro “Verás que um filho teu não foge à luta” retrata o período mais intenso da ditadura militar brasileira e a reação dos grupos de luta armada. Escrito pelo jornalista Rodolfo Campos e Silva

No início da década de 1970, o Brasil atravessava o período mais acirrado e violento da ditadura militar, com grupos rebeldes de luta armada assaltando bancos, sequestrando autoridades, explodindo bombas e realizando outros crimes com o propósito de combater o governo. Este, por sua vez, utilizava as mais agressivas técnicas de combate ao inimigo, apelando comumente para a tortura e o assassinato.É nesse cenário que se desenrola os acontecimentos do romance histórico “Verás que um filho teu não foge à luta”, do jornalista Rodolfo Campos e Silva, que intercala personagens fictícios, como o protagonista Felipe Bonatti, e reais, como Carlos Marighella, em meio a viradas inesperadas na trama. Contando com uma extensa fonte bibliográfica, o livro ainda aborda e reflete sobre o panorama político, social e cultural do período que, mantidas as devidas diferenças, apresenta uma incômoda semelhança com o presente.Outro universo que a obra apresenta como pano de fundo é o do montanhismo, praticado pelo protagonista em suas horas de folga, fazendo interessantes reflexões sobre essa prática.

SOBRE O AUTOR
Formado em Comunicação Social pela PUC-Rio, Rodolfo Campos e Silva é jornalista especializado no mercado segurador e designer com MBA em Marketing Estratégico. É montanhista há 20 anos, tendo sido presidente e guia do Centro Excursionista Guanabara e escalado montanhas em diversas regiões do Brasil e da América do Sul. Aos sábados, costuma participar, no cavaco, da roda de samba do Batuque no Coreto, na praça São Salvador, em Laranjeiras, da qual é um dos fundadores. Amante da música, tem também uma banda de rock.

COMO ADQUIRIR
O livro encontra-se à venda na Amazon por R$40,00 e pode ser acessado pelo site www.verasqueumfilhoteu.com.br.